Andrew Couldridge/Reuters
Andrew Couldridge/Reuters

Guga critica Djokovic após polêmica sobre torneio na Sérvia: 'Não esperava isso'

Ex-tenista brasileiro cita 'lambança' e lamenta que competição tenha propagado casos do novo coronavírus

Redação, Estadão Conteúdo

03 de julho de 2020 | 10h20

A polêmica causada por Novak Djokovic com a realização de torneios de exibição na Sérvia e na Croácia sem protocolos de isolamento social por conta da pandemia do novo coronavírus, que resultou na contaminação de vários tenistas - entre eles o próprio número 1 do mundo e sua esposa Jelena -, não passou batido por Gustavo Kurten. O maior nome da história do tênis brasileiro não poupou críticas sobre o que aconteceu no Adria Tour e disse não estar ao lado do líder do ranking da ATP nesse caso.

"E é importante também separar as questões do ato e do torneio inadequado, e uma série de equívocos graves, assim como o ídolo, a pessoa também que tem uma margem aceitável e um histórico, um currículo muito favorável de também grandes acertos. E estar nessa posição, assim como todo ser humano, a gente acerta e a gente erra. Mas tudo é gigantesco, né? Tudo é universal!", afirmou Guga em uma live com o ex-judoca Flávio Canto.

O brasileiro falou ainda das lições que podem ser retiradas destes torneios de exibição. "Ou acerta muito ou erra na mesma proporção. E num caso como esse, é claro que é lamentável, foi super importante e acho justificável, e acredito mesmo que ele tem essa reflexão para entender e aprender em cima desse exercício. Até mesmo porque poderia servir como uma experiência muito boa, por isso foi uma pena", comentou.

Além do líder do ranking da ATP, também foram contaminados o búlgaro Grigor Dimitrov, o croata Borna Coric e o sérvio Viktor Troicki. Outros que acabaram testando positivo para a covid-19 foram a esposa de Troicki, o técnico e o preparador físico de Djokovic, respectivamente Goran Ivanisevic e Marko Paniki, e Kristijan Groh, treinador de Dimitrov.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.