Guga dá sorte e escapa de rival perigoso em Las Vegas

Na capital mundial do jogo, a sorte parece estar ao lado de Gustavo Kuerten. Afinal, o tenista brasileiro não irá mais enfrentar o perigoso checo Jan Hernych, número 83 do ranking mundial, em sua partida de estréia no Torneio de Las Vegas, que distribui quase US$ 400 mil em prêmios. Assim, Guga enfrenta nesta segunda-feira um adversário vindo do qualifying - será o sul-africano Wesley Moodie e jogo começará por volta de 19 horas, no horário de Brasília.Neste domingo, o norte-americano Rob Ginepri desistiu de disputar o torneio e Hernych herdou uma vaga na fase seguinte - round robin -, sem precisar encarar a primeira rodada, que será eliminatória.Para Guga, a notícia foi um alívio. Hernych já venceu o brasileiro em 2004 e é um especialista nas quadras rápidas - como as de Las Vegas -, além de ter um estilo de jogo perigoso. Agora, contra um jogador vindo do qualifying (Moodie), de ranking pior, suas chances aumentam.Enquanto não estréia, Guga curte seu prestígio em alta nos Estados Unidos, onde recebeu wild cards (convites) para três torneios seguidos - além de Las Vegas, estará nos Masters Series de Indian Wells e Miami.Em Las Vegas, o brasileiro recebeu tratamento de astro. Participou da cerimônia de sorteio das chaves do torneio, ao lado do prefeito da cidade Oscar Goodman. E também posou para fotos em frente ao Hotel Paris com o ex-tenista Murphy Jensen, hoje comentarista do Tennis Channel, tendo ao fundo uma réplica da Torre Eiffel, numa espécie de alusão ao seu sucesso na França - foi tricampeão de Roland Garros.Atualizado às 19h55

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.