Guga defende só 35 pontos em Paris

Gustavo Kuerten embarca nesta quinta-feira à noite para a Europa para disputar o último torneio oficial da temporada de 2002 no Masters Series de Paris Bercy, mas, nesta quarta, em Florianópolis disse que quer fazer a festa da despedida do ano de 2002 em São Paulo. O tenista confirmou sua presença no Desafio Brasil x Argentina de 5 a 7 de novembro no Ginásio Ibirapuera e ficou animado com a possibilidade de fazer uma espécie de agradecimento à torcida brasileira e quer dar um belo espetáculo."Estou super animado com esta chance de terminar o ano jogando ao lado da torcida brasileira, especialmente numa temporada em que precisei muito sentir este apoio e energia dos torcedores", disse Guga, em em Florianópolis. "Espero fazer uma grande festa, numa série de jogos que promete ser um espetáculo." No início do ano, ainda antes da cirurgia, Guga já participou de um torneio nestes moldes do Desafio Brasil x Argentina, no Maracanãzinho, no Rio. Os jogos foram disputados num clima de muita festa, com uma torcida ao estilo do futebol. Os tenistas jogaram sem se importar com o barulho e a agitação e Guga entrou no clima. "São jogos que valem o show", contou o tricampeão de Roland Garros. "Ainda mais agora que estou em boa forma, voltando a jogar o meu melhor tênis." Além de Guga, a equipe do Brasil terá Fernando Meligeni e André Sá para enfrentar o time argentino com David Nalbandian, atual vice-campeão de Wimbledon, Gaston Gaudio e o duplista Luiz Lobo. Os jogos repetem o esquema da Copa Davis, com duas partidas de simples no dia 5, terça-feira, a partir das 19 horas, um jogo de dupla na quarta-feira, dia 6, e os advesários das simples se invertem na quinta-feira à noite.PARIS - Em Paris, Guga defende 35 pontos da única vitória que obteve na temporada de inverno da Europa do ano passado, justamente em Bercy, quando ganhou de Bohdan Ulihrach. Agora, chega ao Masters Series com outras expectativas, especialmente depois de ter jogado bem em Lyon e do tempo de preparação que teve em Florianópolis.VISA - Em São Paulo, semana que vem, será jogado o challenger Visa Tennis Open, no Clube Paineiras, com US$ 75 mil em prêmios, torneio que irá marcar a volta de Flávio Saretta, depois de ter passado por cirurgia de apêndice. Outros brasileiros na competição são André Sá, Alexandre Simoni, Ricardo Mello, Daniel Melo e Júlio Silva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.