Guga deixa o grupo dos 100 melhores

Pela primeira vez em quase dez anos, Gustavo Kuerten deixou nesta segunda-feira o grupo dos 100 melhores do ranking mundial do tênis. Apesar de já ter voltado a jogar - estréia nesta segunda-feira no Masters Series de Roma -, Guga ainda sofre as conseqüências por ter ficado mais de 6 parado para se recuperar da cirurgia no quadril. Na nova lista de entradas, ele perdeu 24 posições e aparece em 110º lugar.Guga, inclusive, já não é mais nem o número 2 do Brasil. A primeira posição ele tinha perdido há algum tempo para Ricardo Mello, hoje o 53º colocado no ranking. E agora, foi ultrapassado também por Flávio Saretta, que ocupa a 108ª colocação na lista de entradas.Desde 1996, ainda antes de conquistar seu primeiro título em Roland Garros, que veio em 97, Guga já figurava entre os 100 melhores do mundo. A sua sorte nesse momento de recomeço da carreira é que a ATP tem um recurso chamado de ranking protegido, para quem ficar mais de 6 meses afastado das quadras por contusão. Assim, ele pode entrar direto na chave principal dos torneios, sem precisar disputar o qualifying.Confira como ficou o novo ranking mundial do tênis

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.