Guga derrota Martin em Auckland

Depois do tremendo sufoco para superar a partida de estréia, quando precisou de três sets - 6/7 (9/7), 7/6 (7/3) e 7/5) - para superar o espanhol Alex Corretja, em mais de 2h30 de jogo, o tenista Gustavo Kuerten respirou aliviado, ao derrotar o também espanhol Alberto Martin por tranqüilos 6/2 e 6/4, ficando mais perto da defesa do título, do Heineken Open, em Auckland. Superado o nervosismo da estréia, Guga conseguiu mostrar o seu verdadeiro tênis. Embora ainda buscando uma melhor adaptação a sua nova raquete, sentiu-se confortável com o novo equipamento, a ponto de colocar golpes precisos e eficientes para dominar o adversário e deixar a perspectiva de que realmente pode ter uma temporada brilhante em 2004. Na próxima rodada, Guga enfrenta o vencedor da partida entre o holandês Fred Hemmens Jr., jogador vindo do qualifying, e o norte-americano Vince Spadea. O principal favorito ao título, o argentino Guillermo Coria, com dores no abdome, saiu do torneio, dando a vitória para o eslovado Dominik Hrbaty. Em outros jogos, o cabeça-de-chave número dois, o checo Jiri Novak derrotou Gillers Muller por 7/6 (7/4) e 6/2, enquanto o holandês Raimon Sluiter superou o espanhol David Sanchez por 7/6 (7/3) e 6/3.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.