Guga diz estar pronto para a estréia

Não será por falta de treinos e determinação que Gustavo Kuerten vai deixar de defender o título do Masters Cup ou mesmo manter a liderança do ranking mundial. Sem ritmo de jogo e confiança em seus golpes, como ele próprio faz questão de lembrar, Guga resolveu colocar o coração na raquete para disputar esta competição em Sydney. É a última semana do ano e o brasileiro não vai medir esforços para concretizar mais um sonho na sua carreira. Seu primeiro desafio é nesta terça-feira, diante do croata Goran Ivanisevic, às 7h30 de Brasília, com transmissão pela SporTV. Qualquer resultado nesta primeira rodada não vai determinar ainda a classificação, mas será importante para garantir uma das duas vagas de seu grupo nas semifinais. "O Guga melhorou cerca de 40% nestes últimos dias", avalia o técnico Larri Passos. "Está muito bem preparado para o torneio, mas vai ter de estar forte na devolução de saque diante de Goran Ivanisevic e sempre buscar colocar mais uma bola em jogo, para ver se o adversário entre em desespero e acabe cedendo o ponto." Concentrado nos treinos - primeiro jogou com o francês Sebastien Grosjean e depois bateu bola com Larri Passos -, Guga espera apagar a má impressão deixada nos últimos torneios da temporada européia. Sabe que vai precisar usar todos seus recursos para reagir e terminar bem o ano. Neste clima, o brasileiro aproveitou o fato de estar na Vila Olímpica de Sydney e começou seu dia com uma corrida em Homebush Bay. Desde que chegou a Austrália, ainda no meio da semana passada, ele não perde tempo e dedica-se aos treinamentos com atenção redobrada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.