Guga diz que não fará boicote sozinho

Otimista com sua recuperação, Gustavo Kuerten desembarcou hoje (25) em Florianópolis e garantiu que já na próxima segunda feira espera pegar novamente a raquete para bater bola. Confessou que ainda sente dores na região do púbis, mas fez questão de enfatizar que a contusão não é grave.O número 1 do ranking mundial confessou ainda que não irá sozinho fazer boicote a Wimbledon, por causa dos critérios de designação de cabeças-de-chave na tradicional competição londrina. Disse que só participa de um movimento se for de grande repercussão, que realmente cause impacto. "No ano passado, o Alex Corretja e o Albert Costa saíram do torneio e não houve grande repercussão", disse Guga, em Florianópolis. "Não faria um boicote isolado".A polêmica na participação de tenistas especialistas em quadras lentas, como Guga, em Wimbledon, continua intensa. Depois de anunciar o fim do uso de um comitê para designar os 16 cabeças-de-chave, reconhecendo que este critério é muito subjetivo, o presidente da organização do All England Club, Tim Phillips, avisou que até o início de Roland Garros, no dia 28 de maio, irá anunciar o sistema a ser usado para definir os 16 pré-classificados. Até lá continuará mantendo contato com a Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) para encontrar uma solução que evite boicotes como o dos espanhóis no ano passado e a ameaça do número 1 do mundo, este ano.Uma alternativa já muito comentada é a de que Wimbledon realmente respeitaria o ranking de entradas da ATP para designar os 16 cabeças-de-chave, mas não necessariamente utilizaria a ordem de classificação para enumerar os pré-classificados. Neste caso, Guga, mesmo sendo número 1, poderia ter outra colocação na chave do torneio.Recuperação - Com objetivo de voltar com força total do Masters Series de Roma, a partir do dia 7 de maio, Guga já iniciou os exercícios de recuperação física e tratamento em Florianópolis. Repetiu que achou importante este descanso, nesta época do ano, pois tem um objetivo maior na temporada européia de quadras de saibro."Espero já voltar em plena forma em Roma, mas se não der não vou me preocupar, pois o meu objetivo principal é estar em condições para tentar o tricampeonato em Roland Garros." Norman fora - Depois de Marat Safin e Guga, agora foi a vez do sueco Magnus Norman deixar o ATP Tour de Barcelona. Alegando uma contusão, ele deixou a quadra quando empatava por 1 a 1 no primeiro set diante do espanhol Albert Portas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.