Guga diz que precisará ter paciência

De volta ao Brasil, depois da cirurgia feita dia 21 de setembro em Pittsburgh (EUA), Gustavo Kuerten revelou que a paciência vai ser a chave de sua recuperação. Mesmo porque, o processo de reabilitação promete ser bem mais lento do que aquele que ele enfrentou na primeira operação no quadril, em 2002. Tanto que o tenista ainda não pode sequer colocar o pé direito no chão."Estou animado e com bastante paciência para fazer toda a recuperação", afirmou Guga, em Florianópolis. "Sei que vou precisar de um tempo maior desta vez.?O tenista está sendo acompanhado pelo cirurgião norte-americano Marc Philipon e pelo médico brasileiro Rogério Teixeira, que se mostrou satisfeito com a recuperação do tricampeão de Roland Garros. "O Guga está evoluindo bem e mostra uma boa amplitude de movimentos na perna direita, o que era o nosso objetivo para este primeiro momento", revelou Rogério Teixeira.Além do acompanhamento médico, Guga tem a assistência dos fisioterapeutas Mariângela Lima e Petr Draovitch. O tenista, neste processo de recuperação, irá dividir o tratamento em etapas no Brasil e nos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.