Guga é eliminado, mas está otimista

O sonho do título no Master Series de Hamburgo terminou para Gustavo Kuerten nesta sexta-feira. Num jogo que durou 1h26 minutos - e de muitos altos e baixos - o brasileiro foi derrotado por 2 sets a 1 pelo suiço Roger Federer nas quartas-de-final do torneio. As parciais do jogo mostram que não foi uma partida normal. Guga perdeu o primeiro set por incríveis 6/0 e venceu o segundo por 1/6. No terceiro, o suiço voltou a dominar e fechou com um contundente 6/2. Apesar da derrota, Guga deixou o torneio otimista. Acredita que conseguiu até mais do que esperava quando voltou às quadras a menos de duas semanas, depois da cirurgia no quadril, no final de fevereiro.Para ele, chegar às quartas-de-final de um torneio importante como o de Hamburgo deve ser comemorado. ?Acho que saí fortalecido. Fui mais além do que esperava?, avaliou. O brasileiro parte agora para Roland Garros, onde busca o tetracampeonato. O torneio francês, que integra o circuito Grand Slam, começa no dia 27 de maio. Ele deve reservar os próximos dias apenas para exercícios físicos e no inçio da próxima semana já começa a treinar em Paris.O jogo desta sexta começou de forma atípica e Guga foi completamente dominado no primeiro set, quando não conseguiu ganhar nenhum game. Federer fechou com 6/0 em apenas 20 minutos. No segundo, Guga voltou melhor e por pouco não devolve o placar. Venceu por 1/6 em 29 minutos. O terceiro e decisivo set começou muito equilibrado, mas o suiço começou a consolidar sua vantagem a partir do terceiro game, quando quebrou o serviço de Guga. Sem confiança, o brasileiro ainda tentou uma reação, mas não foi o suficiente.?Cometi muito erros. Algumas bolas que eu poderia colocar na quadra, foram para fora e a partida acabou tomando um outro rumo?, disse ele, que preferiu elogiar o adversário. ?Ele trabalhou bem. Insistiu em seu jogo e se aproveitou de meus erros. Ganhou com justiça?, acrescentou.?Eu sabia que ele não estava plenamente recuperado e aproveitei os erros que cometeu no início para dominar o jogo?, explicou Federer. ?No final das contas, acho que fiz uma ótima partida e isso é o mais importante?, concluiu o suiço, que nas semifinais vai enfrentar o bielo-russo Max Mirnyi, que eliminou o francês Julien Boutter também por 2 a 1, parciais de 7/6 (7-4), 4/6 e 6/3.SEMIFINAL - A outra semifinal será disputada entre o russo Marat Safin e o espanhol Tommy Robredo. Safin se classificou com uma vitória surpreendentemente tranqüila sobre o australiano Lleyton Hewitt. As parciais foram de 6/3 e 6/1. Robredo teve um pouco mais de dificuldade e venceu o austríaco Stefan Koubek por dois a um, de virada: 6/7 (2), 6/3 e 6/1.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.