Guga espera ser nº 1 no US Open

Como já era de se esperar, Gustavo Kuerten manteve a liderança nas duas listas de classificações da Associação dos Tenistas Profissionais(ATP) divulgadas nesta segunda feira. No ranking mundial, Guga mantém a posição de número 1 pela 31ª semana - não consecutiva - , agora com 4.505 pontos, com vantagem de 635 sobre o segundo colocado, o norte-americano Andre Agassi. Também na corrida dos campeão, o tenista brasileiro ampliou sua vantagem, com 705 pontos, contra 633 de Agassi. Com a liderança consolidada e uma excelente fase técnica, Guga espera agora ver seu atual estágio reconhecido pela USTA, a toda poderosa associação de tênis dos Estados Unidos. Até amanhã deverão ser conhecidos os 32 cabeças de chave do US Open de 2001 e o brasileiro espera ver o seu nome como o número 1. Os torneios do Grand Slam não se obrigam a respeitar o rankingmundial - lista de entradas - para determinar os cabeças-de-chave. Esteano, o Aberto da França, em Roland Garros, não inventou fórmulas ouusou critérios subjetivos para determinar seus pré-classificados eseguiu a lista da ATP, com Guga saindo na competição como número 1. O mesmo não aconteceu em Wimbledon, que em razão das peculiaridades das suas quadras de grama determina subjetivamente os cabeças-de-chave, sempre criando polêmica e controvérsias. Os torneios do Grand Slam costumam analisar resultados anteriores dos jogadores para determinar os cabeças-de-chave. Guga jamais jogou muitobem no US Open e sua melhor classificação foi chegar asquartas-de-final há dois anos. Esta situação, porém, pode modificar-se com os excelentes resultados alcançados pelo brasileiro em terras norte-americanas, na atualtemporada. Esteve nas semifinais do ATP Tour de Los Angeles, foi campeão do Masters Series de Cincinnati e chegou a final do ATP Tour de Indianápolis. Este ano o US Open já começa a utilizar também o critério deestabelecer 32 cabeças de chave, no lugar de apenas 16, como fazia até2000. Esta mudança evitará duelos perigosos nas primeiras rodadas, como aconteceu com Guga, em Roland Garros, que estreou com o argentino Guillermo Coria, na época entre os 25 do mundo. Além de Guga estão classificados para a chave principal do US Open - que começa dia 27 em Flushing Meadows - Fernando Meligeni e AlexandreSimoni.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.