Guga está confiante para "revanche"

Gustavo Kuerten enfrentará novamente o norte-americano Andy Roddick, que o eliminou do Torneio de Montreal, mas agora com outra postura. Os dois jogarão na primeira rodada do Torneio de Cincinnati, mas o dia da partida ainda não está definido. O técnico Larri Passos encontrou tudo o que precisava para acreditar numa vingança em Cincinnati. A quadra está em melhores condições para o brasileiro, ou seja, mais lenta do que em Montreal. "O Guga jogou numa quadra de gelo", ironizou Passos, referindo-se a superfície muito lisa e rápida em Montreal. "Agora, ele vai treinar, treinar e treinar para vencer este jogo." O próprio Guga está mais motivado agora, do que na semana passada. O número 1 do mundo, disse que na última partida com Roddick jogou bem apenas no primeiro set, que venceu no tiebreaker. Depois, não conseguiu manter o mesmo nível e sentiu o desgaste de duas semanas de muitos jogos. "Saquei bem apenas no primeiro set", afirmou. "Depois o meu serviço não funcionou tão bem e para vencer o Roddick tenho de sacar bem o jogo todo." Revelação das mais badaladas do tênis norte-americano, Andy Roddick, de 18 anos, ganhou fama ao derrotar líderes do ranking mundial. O chamado exterminador de números 1 já ganhou este ano de Marcelo Rios, Pete Sampras, Carlos Moya e Gustavo Kuerten. Mas depois de vencer Guga, em Montreal, Roddick caiu na rodada seguinte diante do romeno Andrei Pavel.Além de Roddick, a chave de Guga em Cincinnati reserva outros bons desafios para o brasileiro. Está do mesmo lado de jogadores como o croata Goran Ivanisevic - campeão de Wimbledon - Nicolas Escude, Pete Sampras, Nicolas Lapentti e Michael Russel. Ainda estão na competição, mas na parte de baixo da chave, Andre Agassi, Marat Safin e Patrick Rafter.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.