Guga está eliminado em Montreal

Sem vibração, pouca criatividade, muitos erros e diante de um adversário super motivado, Gustavo Kuerten decepcionou na estréia do Masters Series de Montreal. Perdeu, nesta segunda-feira à noite, para o canadense Simon Larose, apenas o número 314 do ranking, por 2 sets a 0, parciais de 7/5 e 7/6 (7/2). Com esta derrota, Guga deixa de aproveitar uma boa semana para ganhar posições no ranking (não tinha pontos para defender) e revela ainda que sua irregularidade pode comprometer as expectativas de uma boa temporada de quadras rápidas, piso em que conseguiu os melhores resultados do ano. Guga não soube impor o seu melhor tênis. Demonstrou estar impaciente para definir os pontos apos longas trocas de bolas. Fazia boas jogadas, mas na hora de matar o ponto, acabava desperdiçando a vantagem com golpes mal colocados, de quem não demonstrou ter concentração suficiente para estar atento até o final. Enquanto isso, seu adversário, Larose, parecia estar disputando uma final. Diante de uma grande torcida em Montreal, lutou a cada ponto como se fosse o último. Teve também a sorte ao seu lado em várias jogadas e foi nitidamente beneficiado por algumas marcações dos juízes. Depois do jogo, comemorou a vitória como se fosse um título. Esta partida entre Guga e Larose serve também para demonstrar as muitas dificuldades que o Brasil deverá encontrar em setembro, quando enfrenta o Canadá, em Calgary, na repescagem da Copa Davis. O confronto será em quadra de carpete. Em outra partida da rodada de abertura do Masters Series de Montreal, num dia prejudicado pelas chuvas, Andre Agassi vibrou muito com sua vitória sobre outro canadense Frederik Niemeyer por 6/4 e 6/2, enquanto o espanhol Carlos Moya foi surpreendido pelo francês Arnaud Clement por 7/6 (7/4), 4/6 e 6/3. Outros resultados: Greg Rusedski (GBR) 7/5 e 6/3 Nicolás Lapentti (EQU), James Blake (EUA) 7/6 (7/3) e 6/4 Radek Stepanek (CHE), Karol Beck (SLV) 6/7 (6/8), 7/6 (7/3) e 6/1 Michael Llodra (FRA), Ramón Delgado (PAR) 7/6 (7/0) e 7/6 (7/3) Ivan Ljubicic (CRO), Juan Ignacio Chela (ARG) 5/7, 6/4 e 6/3 Agustín Calleri (ARG), Paradorn Srichapan (TAI) 6/0 e 7/6 (7/5), Rainer Schuettler (ALE) 6/2 e 6/4 Mijail Youzhny (RUS), Younes ElAynaoui (MAR) 6/3, 6/7 (6/8) e 6/3 Mardy Fish (EUA) e Paul-Henri Mathieu (FRA) 7/6 (7/5) e 6/4.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.