Guga estréia com vitória no Sauípe

Não poderia ter sido melhor aestréia de Gustavo Kuerten no Brasil Open. Justamente no dia deseu aniversário - completou 27 anos - Guga fez a festa: ganhoude Magnus Norman por 6/3 e 6/2, ouviu o "parabéns pra você" datorcida, cortou o bolo na quadra e festejou o momento com afamília, toda reunida na Costa do Sauípe. "Esta vitória valeu por todas as derrotas que tive. É um diamuito feliz que vou guardar para sempre", afirmou Guga. "Pudecompartilhar toda essa alegria com toda minha família." O resultado fatalmente também vai fazer Guga esquecer o traumadaquela dolorida derrota em Montecarlo, este ano no início datemporada européia de quadras de saibro, quando vencia Normanpor 6/1 e 5/2 e acabou perdendo o jogo. Um resultado que abalousensivelmente sua confiança, prejudicando seu rendimento. "Neste jogo fui me soltando aos poucos e não me preocupeimuito com alguns erros", disse Guga. "Já estou chegando pertodos 30, mas posso correr bastante." Na rodada desta quinta-feira, Guga volta a "correr" diantedo austríaco Werner Eschauer, um tenista já quase veterano de 29anos, e com uma carreira sem muito sucesso. Jamais conquistou umtítulo importante e atualmente ocupa a 96ª colocação do rankingmundial. Eschauer vem de boa vitória na estréia no Sauípe, em quederrotou o brasileiro Júlio Silva em três longos sets. "Vamosem busca de outra vitória amanhã", disse Guga. "Quero esquecertudo de ruim que aconteceu e só lembrar das coisas boas."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.