Guga estréia contra norte-americano

Gustavo Kuerten vai ter pela frente um tenista da nova geração dos Estados Unidos, Mardy Fish, na sua estréia do Masters Series de Monte Carlo, o primeiro grande torneio da temporada de saibro européia.Diante de um tenista vulnerável, número 55 do ranking, o brasileiro tem chances de cumprir suas expectativas no Principado de Mônaco, que é o de ganhar algumas rodadas. "Este é um dos meus torneios preferidos", falou com toda diplomacia Guga, diante da família real de Mônaco, na cerimônia do sorteio da chave, e também com motivos de sobra para gostar tanto desta competição: é bicampeão em Monte Carlo.As primeiras rodadas em um início de temporada sempre são muito preocupantes. Guga, especialmente, requer um ritmo bastante intenso para render seu melhor tênis e, por isso, chegou bem mais cedo a Monte Carlo para treinamentos e adaptação. Com o status de bicampeão do torneio, Guga foi convidado para participar da cerimônia do sorteio da chave, ao lado do ex-tenista Guillermo Vilas e de uma das maiores revelações do tênis francês dos últimos tempos, Richard Gasquet.Longe da festa e da badalação, o técnico de Guga, Larri Passos não quer perder tempo com muitos compromissos fora das quadras. Por isso, programou treinos em dois períodos até o início da competição. "Acho muito bom chegar um pouco antes para uma boa adaptação", explicou o treinador.Monte Carlo será o início de uma fase que promete ser muito boa para Guga e importante para alcançar seu objetivo de colocar-se novamente entre os dez primeiros do ranking. Nesta temporada joga cinco torneios, Monte Carlo, Barcelona, Roma, Hamburgo e Roland Garros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.