Guga estréia contra o 125º do ranking

Com 125 pontos de vantagem sobre o russo Marat Safin - contra os 50 da semana passada -, o tenista brasileiro Gustavo Kuerten distancia-se na liderança do ranking mundial e vai ter uma estréia teoricamente tranqüila no Masters Series de Indian Wells. Nesta terça-feira, às 15 horas (de Brasília - Sportv anuncia transmissão) ele enfrenta o norte-americano Cecil Mamiit, jogador saído do qualifying e que jamais conquistou um título sequer na carreira. Sem euforia, Guga revela que sempre é preciso estar atento aos jogadores saídos do qualifying, pois costumam chegar embalados para a chave principal."Nunca enfrentei o Mamiit, mas sei que é um jogador que corre bastante, não desiste nunca, vai atrás de todas e gosta de jogar no peso da bola do adversário", contou Guga. "Vou ter de jogar com paciência e atacar na hora certa."Cecil Mamiit tem 24 anos, nasceu em Los Angeles, é de origem oriental, mede apenas 1,72 metros e é profissional desde 1996. Ocupa hoje a posição de número 125 no ranking mundial e sua melhor colocação foi 72, em outubro de 99.Numa posição confortável na chave de Indian Wells, Guga tem tudo para fazer uma boa campanha esta semana, mesmo em um torneio de quadras rápida. São muitos pontos em jogo - o campeão leva 500 na contagem do ranking mundial - e o tenista brasileiro estará brigando diretamente com Safin pela posição de número 1. Estes dois tenistas fizeram campanhas idênticas ano passado em Indian Wells, alcançando a segunda rodada e, por isso, ambos defendem 35 pontos na chamada lista de entradas.Ranking - Mesmo sem ter jogado na semana passada, Guga conseguiu aumentar a diferença de pontos para o segundo colocado, Safin, pois sua média nos cinco melhores resultados de torneios da série ATP cresceu, com os títulos conquistados recentemente em Buenos Aires (marcou 200) e Acapulco (250 - contra os 75 que caíram nesta segunda-feira, referentes a Bogotá, do ano passado).Já na corrida dos campeões (que considera apenas os pontos ganhos na atual temporada), Guga manteve os 97 pontos e caiu da 7ª para a 9ª posição, empatado com o sueco Magnus Norman.Na lista de entradas, outros tenistas brasileiros tiveram pequenas quedas. Fernando Meligeni caiu de 91 para 92, Alexandre Simoni foi de 110 para 112 e André Sá passou de 145 para 146. O único a melhorar foi Flávio Saretta que, subiu 22 posições e esta semana ocupa a 249ª colocação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.