Guga fica conformado com derrota

Apesar da eliminação logo na estréia do Masters Series de Miami, Gustavo Kuerten não ficou aborrecido com a derrota para o sueco Thomas Enqvist, por 6/3 e 6/4, na noite de sábado. Principalmente, por ter enfrentado um adversário de alto nível, que já esteve entre os três melhores do mundo."Não dei muita sorte em pegar o Enqvist logo na primeira rodada", lamentou Guga. "Ele é um jogador que já esteve entre os três primeiros do ranking e fez uma partida perfeita. Tive uma certa chance no segundo set, com um break point a meu favor, mas o Enqvist soube como sair desta situação, sacou bem, bateu uma boa direita e não deu para acompanhar o seu ritmo."Guga sempre costuma dizer que precisa passar algumas rodadas do torneio para ganhar confiança e sentir melhor o seu jogo. Agora, como ele mesmo definiu, teve a mais difícil estréia do ano, diante de Enqvist, e, por isso, demonstrou estar conformado com a eliminação. "Apesar da derrota, não posso reclamar do que fiz nestes últimos torneios", disse o tenista brasileiro, que vem de um vice-campeonato em Indian Wells. "Estou jogando num nível bem aceitável e agora vou ter um bom período para descanso e preparação para a temporada de saibro, que sempre foi o meu ganha pão."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.