Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Guga garante estar concentrado no tênis

Decepcionado com a eliminação na primeira rodada do US Open - perdeu por 3 sets a 2 para o russo Dmitry Tursunov, número 174 do ranking e vindo qualifying -, Gustavo Kuerten admitiu que não consegue mais manter a regularidade, desde a cirurgia no quadril em fevereiro do ano passado. "Não consigo mais manter um bom nível durante toda a partida", confessou o tenista brasileiro.Na tentativa de explicar mais uma derrota para um adversário de pouca expressão, Guga deu uma emocionada entrevista em Flushing Meadows, Nova York, onde acontece o US Open. "Desde que voltei da cirurgia não consegui encontrar uma forma de manter uma alta intensidade na quadra e as partidas acabam se complicando. Estou perdendo jogos que normalmente ganharia. É difícil lidar com coisas como esta. Já fiz a cirurgia há tanto tempo e ainda não readquiri minha melhor performance, por mais que tenha feito de tudo para isso.?Os problemas vão da falta de confiança em seu jogo, passando pela dificuldade de superar os momentos difíceis da partida, até o aspecto mental. "Acho que é de tudo um pouco", resumiu Guga. "Começa pela parte física, sem resistência para correr o tempo todo e não tendo isso, acabo forçando mais a parte mental para buscar a intensidade que estava faltando. Enfim, interfere também na técnica, pois de repente fico preocupado em não correr tanto para não me desgastar e uma coisa vai envolvendo a outra. Basta um destes fatores cair um pouco de nível para complicar todos os outros", explicou. Apesar da má fase, Guga garantiu estar concentrado em fazer o que mais gosta: jogar tênis. E descartou a possibilidade de estar perturbado com problemas particulares, como vem se especulando. Tanto é assim, que ele preferiu continuar em Nova York, para jogar as duplas nesta quinta-feira, e não voltar ao Brasil, como chegou a ser cogitado. Ao lado do holandês John van Lottun, o brasileiro enfrentará o canadense Julian Knowle e o alemão Michael Kohlmann.Explicação - A expulsão de um homem na torcida, em plena arquibancadas do US Open, num dos mais raros acontecimentos do tênis, causou repercussão em Flushing Meadows. Guga disse que pediu ao juiz para retirar o torcedor, durante o jogo contra Tursunov, pois se sentiu ameaçado. Não ficou incomodado apenas pelo fato dele aplaudir entre o primeiro e o segundo serviço, mas especialmente pelas palavras ameaçadores."Não sabia se depois do jogo este torcedor estaria na rua me esperando", justificou Guga. "Estava incomodado com os seus xingamentos e não estava me sentindo seguro em quadra, fiquei com receio de que alguma coisa pior poderia acontecer e antes disso, preferi pedir ao juiz para retirá-lo da quadra."

Agencia Estado,

27 de agosto de 2003 | 18h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.