Guga inicia campanha pelo tri

Guga está em busca de seu terceiro título em Paris e diz que jogar Roland Garros é sempre muito especial. Como campeão do ano passado, participou de uma entrevista coletiva, que, curiosamente, nem foi tão concorrida como era de se esperar. O tenista lembrou seus principais momentos na competição. Contou que o primeiro título foi uma surpresa, o segundo confirmou suas condições e agora mantém-se motivado em busca de mais um troféu, no torneio que considera o mais fascinante. Na partida de estréia ele enfrenta o argentino Guillermo Coria.A retribuição por esta verdadeira paixão por Roland Garros vem com o apoio da torcida. No seu último treino antes de estrear no torneio, foi para a distante quadra 18 e levou atrás uma torcida enorme. No caminho para o vestiário foi "atacado" como um astro de cinema. Até o técnico Larri Passos mereceu o entusiasmo da torcida, com gritos de incentivo e pedidos de autógrafos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.