Guga perde coroa para rei Juan Carlos

Sem reclamar e demonstrando estar bastante conformado, Gustavo Kuerten cedeu a coroa do Masters Series de Roma para o rei Juan Carlos Ferrero, ao perder uma final equilibrada por 3 sets a 2, parciais de 3/6, 1/6, 2/6, 6/4 e 6/2. Apesar da derrota Guga mantém a liderança do ranking mundial pela 17ª semana na carreira, mas deixa o segundo lugar na corrida dos campeões para o tenista espanhol enquanto Andre Agassi continua na frente. Já em busca de recuperação, Guga vai estrear nesta terça-feira no Masters Series de Hamburgo, torneio em que foi campeão ano passado, jogando a primeira partida com o bielo-russo Max Mirnyi.""Não posso reclamar de nada", afirmou Guga. "Tive uma semana maravilhosa, provei que estou em forma. O Ferrero mereceu ganhar, enquanto eu tentei muitas coisas diferentes e não deu certo. Isso vai acontecer ainda muitas vezes na minha vida." Guga começou bem a partida com total domínio sobre o adversário, abriu vantagem de 5 a 1 no primeiro set, teve duas chances de fechar em 6 a 1, acabou cedendo seu serviço, mas com uma vantagem muito grande não sofreu ameaça e venceu a série. Depois, mostrou altos e baixos e no quinto e decisivo set, admitiu não ter encontrado mais alternativas para reagir."Depois de ter perdido o primeiro game, a situação ficou bem mais difícil", afirmou Guga. "Agora espero me recuperar em Hamburgo".Sem perder o bom humor e com simpatia, Guga esforçou-se em fazer um discurso de agradecimento em italiano. Falou emocionado do atual momento da carreira, disse ter recebido do tênis muito mais do que poderia imaginar e ainda fez questão de prestar uma homenagem ao dia das mães, a quem dedicou seu troféu de vice-campeão.A derrota em Roma não muda os objetivos de Guga. Não há dúvidas de que sua grande meta é o tricampeonato em Roland Garros. Por coincidência, no ano passado, o brasileiro também ficou com o vice-campeonato em Roma, depois ganhou em Hamburgo, até celebrar a segunda vitória da carreira em Paris.Guga tenta repetir esta caminho jogando em Hamburgo, só que com uma vantagem em relação ao ano passado. Não joga pressionado, pois praticamente já defendeu os pontos desta fase da temporada européia com o título em Montecarlo e agora o vice-campeonato em Roma.No ranking mundial, Guga voltará a aparecer no topo da lista e se fizer boa campanha em Hamburgo vai chegar também a Roland Garros como cabeça-de-chave número 1 e principal favorito. Na corrida dos campeões, o brasileiro perde a vice-liderança com apenas dois pontos atrás de Ferrero.Já o tenista espanhol mostra estar na melhor temporada de sua carreira. Roma foi o primeiro título de Masters Series de sua vida e o quarto do ano, depois de ter ganho também em Dubai, Estoril e Barcelona. Para Guga, os números foram marcantes. Perdeu uma série invicta de 34 jogos sem derrota em torneios da ATP.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.