Guga perde em casa e se despede do Brasil feliz com atuação

Gustavo Kuerten disputou nestaquinta-feira seu último jogo no Brasil como tenistaprofissional. Ele perdeu para o gaúcho Franco Ferreiro por 2sets a 0, parciais de 7-5 e 7-6 (7-2), e acabou eliminado doAberto de Santa Catarina. "Foi além de qualquer expectativa. Me senti como em grandesmomentos. Foi a realização de mais um sonho. Apesar daderrota...consegui ser competitivo do começo até o fim. Foi umasatisfação pessoal", disse Guga, com olhos marejados, após apartida. "Meu melhor tênis foi quando olhei do lado e vi um monte degente na torcida, minha mãe, o Larri (Passos), meus amigos.Nessas horas que eu lembro que posso ficar tranquilo." Depois da derrota, o catarinense, de 31 anos, foihomenageado com quadros e um vídeo sobre sua carreira. E foiaplaudido de pé pelos fãs. Guga venceu o colombiano Carlos Salamanca na estréia dacompetição que marca sua despedida do país, justamente em suacidade natal, Florianópolis, mas na segunda rodada caiu diantede Ferrero. O catarinense fez um jogo equilibrado no início e chegou aameaçar o serviço do adversário, com quem nunca havia jogado.Porém, no 11o game teve seu saque quebrado e perdeu o primeiroset. Na segunda série, Guga perdeu os dois primeiros serviços,mas devolveu uma das quebras. A cada ponto do catarinense, eleera saudado por seus conterrâneos e retribuía com sorrisos ecomemorações vigorosas. Embalado, ele conseguiu quebrar mais uma vez o saque deFerrero, empatando em 5-5 e levando para o tiebreak, vencidopelo tenista gaúcho. Guga, tricampeão de Roland Garros e ex-líder do rankingmundial, disputa neste semestre suas últimas competições nacarreira, atrapalhada por duas cirurgias no quadril, em 2002 e2004. O Aberto de Santa Catarina integra a categoria Challengerde torneios, distribuindo prêmios e pontos no ranking mundial. (Texto de Tatiana Ramil)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.