Guga sente o quadril e volta a viver drama

No seu reencontro com as vitórias, Gustavo Kuerten parecia ter muitas chances de avançar às semifinais do ATP Tour de Barcelona. Venceu o primeiro set diante do argentino Gaston Gaudio por 6/3, perdeu o segundo no tie-break, não sem antes liderar a série por 4 a 3, e no terceiro abandonou a partida, com placar final de 3-6, 7-6 (7/5) e 2-1 para o argentino. O pior de tudo é que Guga acusou dores no quadril, local onde passou por cirurgia há dois anos. O tricampeão de Roland Garros e ex-número 1 do mundo vive um impasse dramático, como ele mesmo revelou: "Quanto melhor eu jogo, quanto mais solto fico em quadra, mais a situação se complica, com as dores aumentando e prejudicando minha mobilidade", disse Guga ao deixar a quadra."Apostei que daria para vencer em dois sets, pois sei que estou jogando um tênis competitivo, mas quando cheguei ao terceiro set, percebi que não daria e desisti." Para Guga, como revelou em Barcelona, esta situação é frustrante. Afinal, vinha fazendo uma boa semana na Espanha e já sonhava até com o título do torneio Conde de Godo. "Tenho de conviver com isso, talvez a solução seja dar mais intervalos entre os torneios, pois sei que posso jogar bem", afirmou.Na partida diante de Gaudio, Guga poderia até mesmo ter vencido em dois sets. Depois de liderar o jogo, até com certa facilidade no primeiro set, chegou a estar na frente também no segundo. Só que as dores o prejudicaram. Teve de chamar por atendimento médico e acabou permitindo a reação do argentino.Dúvida - Sem saber ainda quanto tempo será necessário para se recuperar, Guga informou que precisaria de mais algumas horas para definir se jogaria ou não o Masters Series de Roma, que começa segunda-feira. "Ainda não sei o que vou fazer", disse. "Como minha prioridade é Roland Garros vou dar atenção a recuperação."Com isso, existe a possibilidade de desistência de Roma, só voltando às quadras no Masters Series de Hamburgo, torneio em data estratégica, pois tem uma semana livre até Roland Garros, o que garante um bom período de recuperação física. "Não pedi ainda para sair de Roma, pois apesar desse problema com as dores, estou muito contente da maneira como joguei em Barcelona, acho que mostrei um tênis excelente, contra alguns dos melhores jogadores do saibro".Apesar da derrota e das dores, o clima estava tranqüilo e Guga vibrou muito ao receber uma visita especial: o craque Ronaldinho Gaúcho, que presenteou o tenista brasileiro com uma camisa do Barcelona, escrita Guga nas costas.BOICOTE ARGENTINO - Assim como os brasileiros, a equipe argentina da Copa Davis ameaça um boicote, caso a federação argentina não substitua o capitão Gustavo Luza. Quatorze dos principais tenistas, como Guillermo Coria, David Nalbandian, Agustin Calleri e Juan Ignacio Chela, assinaram um documento se comprometendo a não disputar o Grupo Mundial no próximo ano, caso não aconteça mudanças na comissão técnica. Os jogadores até sugeriram os nomes de Alberto Mancini e Martin Jaite.

Agencia Estado,

30 de abril de 2004 | 17h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.