Guga tenta quebrar tabu na Austrália

Na esperança de quebrar o tabu de jamais ter superado a segunda rodada do Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada, que começa no início da próxima semana em Melbourne, Gustavo Kuerten não terá, mais uma vez, vida fácil este ano na competição. Logo na partida de estréia terá um adversário bastante perigoso pela frente: o holandês John von Lottun, que apesar de ocupar a 93ª posição no ranking, sempre causou problemas para Guga.Flávio Saretta, outro brasileiro classificado para a chave principal, vai jogar com o eslovaco Dominik Hrbaty, que, por coincidência, eliminou Kuerten nas semifinais do ATP Tour de Auckland, por 6/3 e 6/2. "Já estou me sentindo muito mais adaptado a estas quadras", disse Guga, mesmo depois de ter perdido para Hrbaty. "Tive muitas chances nesta partida, com 11 break points. Se tivesse aproveitado pelo menos uns dois deles, a situação teria sido diferente."Apesar da derrota, Guga aparentava tranqüilidade. Teve uma boa semana, com três vitórias, não defendeu os pontos do título conquistado ano passado, mas viajou para Melbourne confiante e animado. O sorteio da chave do Aberto da Austrália, porém, exige cuidados.Retrospectiva - Guga já enfrentou por duas John von Lottun. Na primeira, ainda em 1996, em Dresden, perdeu em três sets. O segundo jogo foi na primeira rodada de Wimbledon do ano passado. O brasileiro venceu, mas por causa de uma lesão do holandês, que liderava a partida por 6/2 e 3 a 2, quando teve de deixar a quadra por problemas nas costas - sofre com hérnia de disco. Se passar por esta incômoda primeira rodada, Guga terá outro jogo difícil a seguir, enfrentando o vencedor da partida entre Ivan Ljubicic e Dmitry Hursonov.Na chave do qualifying, o único brasileiro que ainda seguia na competição até esta sexta-feira, era Ricardo Mello, que venceu Daniel Koellerer por 2/6, 6/2 e 6/2. Enquanto Marcos Daniel perdeu para Roko Karanuair por 2/6, 6/4 e 6/4 e Franco Ferreiro para Olivier Patience por 6/1 e 6/4.Entre as estrelas, um desafio e tanto para o atual número 1 do mundo, o norte-americano Andy Roddick. Vai enfrentar na estréia o chileno Fernando González. O cabeça-de-chave número 2, o suíço Roger Federer, que pode conquistar a liderança neste Aberto da Austrália, joga com tenista do qualifying, enquanto num dos encontros mais difíceis da primeira rodada, o espanhol Carlos Moyá duela com o norte-americano James Blake.Feminino - No lado feminino, Lindsay Davenport sentiu uma contusão no ombro e está ameaçada de não jogar em Melbourne, enquanto outras favoritas ao título, como Justine Henin, Kim Cljisters não deverão encontrar problemas nas primeiras rodadas.

Agencia Estado,

16 de janeiro de 2004 | 16h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.