Guga terá estréia difícil em Lyon

Como 40º colocado no ranking mundial, Gustavo Kuerten não consegue mais ficar entre os cabeças-de-chave nos grandes torneios. Por isso, agora são mais freqüentes suas estréias diante de adversários difíceis e bem situados na classificação da ATP. É o que vai acontecer no ATP Tour de Lyon, em que Guga terá pela frente logo na primeira partida, o vice-campeão do ano passado, o marroquino Younes El Aynaoui, hoje o número 18 do ranking.Outros dois tenistas brasileiros também estão na disputa do ATP Tour de Lyon, com US$ 800 mil em prêmios e jogado em quadras de carpete e coberta, característica das competições da temporada européia de outono/inverno. Fernando Meligeni não está com muita sorte. Nesta semana, em Moscou enfrentou o russo Marat Safin e agora pega outro jogador da Rússia bem colocado no ranking: Yevgeny Kafelnikov, número 7 do mundo.Já André Sá, que também foi eliminado em Moscou por Marat Safin em jogo de três sets bastante disputados, terá em Lyon uma estréia relativamente mais tranqüila: joga com o dinamarquês Kenneth Carlssen, número 121 da ATP. Para Guga esta não será a primeira vez que irá enfrentar Younes El Aynaoui. O brasileiro já pegou o marroquino no Masters Series de Montecarlo, ano passado, e ganhou por sets equilibrados, parciais de 6/4, 4/6 e 6/4. Apesar da dificuldade da partida, pelo menos, Guga não terá de enfrentar logo de cara um tenista de saque e voleio.O técnico de Guga, Larri Passos, está otimista. Garante que seu pupilo vem jogando bem e aproveitou estes últimos dias de treinamentos em Florianópolis para aperfeiçoar os fundamentos mais usados nas quadras rápidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.