Guga treina duro em Indian Wells

Gustavo Kuerten não estava brincando quando avisou que iria usar o Masters Series de Indian Wells como treino. Desde que chegou a Palm Springs, um sofisticado cenário no deserto da Califórnia, Guga não parou de trabalhar. Ao lado do técnico Larri Passos, o tenista brasileiro usou e abusou da boa sala de ginástica do complexo utilizado para o torneio e escolheu bem os seus sparrings: Marat Safin e Thomas Enqvist."O clima aqui em Indian Wells está muito bom, com todo mundo junto, o que facilita os treinos", disse Guga, referindo-se ao fato de que um torneio do Masters Series é quase como um Grand Slam, com praticamente todas as estrelas do tênis na competição.Também o técnico Larri Passos gostou do "clima" de Indian Wells. Não foi só pelo sol do deserto, com temperatura amena durante o dia e relativamente frio à noite, mas especialmente pela tranqüilidade do lugar e pela possibilidade de concentração de seu pupilo no torneio. Os dois estão hospedados num hotel muito próximo ao local do torneio e na região não há mais nada para fazer, a não ser ver, jogar e pensar em tênis.O Masters Series de Indian Wells - que reúne chaves do masculino e feminino - já teve a desistência anunciada de Pete Sampras. O veterano tenista norte-americano alegou que ainda não está em condições de disputar uma competição deste nível. Sua volta às quadras poderá acontecer dentro de duas semanas, em Miami, um torneio também do Masters Series, mas com muito mais charme e importância no circuito mundial.A chave masculina de Indian Wells só será sorteada neste sábado à noite e é provavel que Guga já faça sua estréia na segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.