Guga vê momento histórico para o tênis

Nos Estados Unidos, onde cumpre mais uma etapa da recuperação de sua cirurgia no quadril, Gustavo Kuerten viu com alegria e entusiasmo a perspectiva de realização de eleição na Confederação Brasileira de Tênis (CBT), marcada para o dia 17, em Brasília. Guga foi um dos tenistas que mais se empenhou para uma mudança no comando da entidade, liderando o boicote à Copa Davis."Acho que desde que ganhei Roland Garros, em 1997, este é um dos momentos mais importantes para o tênis brasileiro e tomara que agora entre uma pessoa disposta a trabalhar para desenvolvê-lo. Se isto acontecer, estou muito disposto a ajudar", disse Guga, através de comunicado de sua assessoria de imprensa.Com a mudança de comando na CBT, principalmente pela saída de Nelson Nastás da presidência, a tendência é de terminar o boicote dos principais jogadores do País à Copa Davis. Guga, porém, dificulmente poderia jogar no início de março, no confronto diante da Colômbia, em Bogotá, por ainda estar em recuperação da cirurgia realizada em setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.