Guga vem ao Brasil para se recuperar

Para não agravar uma contusão e correr o risco de comprometer toda a temporada européia de quadras de saibro, Gustavo Kuerten desistiu de participar do ATP Tour de Barcelona. Apesar da oportunidade de aproveitar o torneio para ampliar ainda mais sua liderança do ranking, Guga preferiu ouvir as recomedações médicas e viajar de volta ao Brasil para recuperação. Ele está com uma inflamação no púbis, o que ocasiona as dores na virilha, com reflexo no músculo adutor da perna direita. "Fiz um teste físico já em Barcelona e vi que não dava para jogar", contou o tenista."Não dá para ir além do meu limite, conheço bem o meu corpo e sei bem quando é hora de parar e descansar."Este tipo de problema costuma atingir Guga justamente nesta época do ano, em que passa muito tempo jogando em quadras de saibro, forçando bastante a musculatura. No ano passado, no torneio de Montecarlo teve problemas nas costas, que irradiam dores para o músculo adutor. Por isso, o tenista já sabia bem o caminho que deveria seguir, como contou o técnico Larri Passos. "Montecarlo tem um centro de avaliação de alto nível e o Guga fez um exame de ressonângia magnética", disse o treinador."Não é nada grave, com certeza, mas não se pode deixar piorar." Agora, Guga viaja de volta ao Brasil e descansa por uma semana. Faz também exercícios específicos para ajudar na recuperação e só irá voltar ao circuito profissional dentro de duas semanas para o Masters Series de Roma. Por curiosidade, também no ano passado, Guga ficou este mesmo período em recuperação e depois de voltar à Europa conquistou o vice-campeonato do Foro Itálico de Roma, ganhou o título em Hamburgo e o bicampeonato de Roland Garros. O tenista não esconde de ninguém que seu objetivo é o tricampeonato em Paris e, por isso, prefere poupar-se para o que considera o mais importante torneio do planeta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.