Guga vence e avança em Indian Wells

Um teste perfeito, com todos os ingredientes, emoção, equilíbrio e diversos graus de dificuldades, como incríveis trocas de bola e jogadas de muita habilidade e, com isso, Gustavo Kuerten marcou a sua maior vitória dos últimos tempos, ao superar o suíço Roger Federer - considerado o melhor jogador da temporada, com 21 vitórias no ano - por 2 sets a 0, parciais de 7/5 e 7/6 (7/3 Em mais um dia de sol forte na Califórnia, com temperatura próxima dos 30 graus a sombra, o talento de Guga brilhou num torneio importante como o Masters Series de Indian Wells. Seu próximo jogo, valendo vaga para as quartas de final, será nesta quinta-feira diante do vencedor da partida entre o inglês Tim Henman e o argentino Agustin Calleri. "Acho que é hora mesmo de comemorar. Foi com certeza o meu melhor resultado neste último ano", contou Guga entusiasmado. "Ainda mais neste momento, disputando um Masters Series, diante de um jogador como o Federer, numa quadra central, podendo passar por todos estes sentimentos novamente. É realmente muito bom." O jogo de Guga esteve bem próximo do impecável. Desde o início esteve agressivo, a ponto de surpreender o habilido Roger Federer. No primeiro set, aproveitou logo a primeira chance de quebra de serviço para abrir vantagem de 3 a 2, depois permitiu o empate por 5 a 5 e soube como impor-se novamente para sacar com 6 a 5 e fechar a série. No segundo set, as emoções foram ainda mais fortes. Guga saiu na frente, o suíço reagiu, salvou um break point com uma linda disputa de bola - um longo rali - e a decisão foi para o tiebreaker, que talvez tenha sido o melhor do brasileiro este ano. "Tive um teste perfeito nesta partida. Passei por muitas situações diferentes e mantive a força no final, quando o Federer já estava jogando melhor do que eu", admitiu Guga. "Espero que com este resultado as coisas comecem a ficar cada vez mais fácil para mim, pois no ano passado tive muitas dificuldades. Agora, acho que esta foi a vitória do sacrifício e estou muito feliz com isso." Também Federer admitiu o bom nível técnico do brasileiro. O tenista suíço estava na lista dos maiores favoritos ao título de Indian Wells. Vinha de dois títulos, Marselha e Dubai, tem o maior número de vitórias entre os jogadores este ano, com 21, é o número 4 do mundo e já tinha ganho de Guga, ano passado, em Hamburgo. "Até eu estou meio surpreso como aconteceram resultados como este diante do Federer. Apenas um ano depois da cirurgia já posso comemorar dois títulos, algumas finais e agora ganhei no número 4." A emoção também marcou este momento de Guga em Indian Wells. Seu técnico Larri Passos acentuou as dificuldades impostas por Federer durante toda a partida, mas estava feliz com seu pupilo. "O Guga soube fazer tudo que precisava para ganhar este jogo", disse Passos emocionado. "O Federer exigiu muito, deu passadas incríveis, mas o Guga mostrou os resultados de seus treinamentos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.