Gulbis é massacrado na estreia em Montecarlo e Bautista Agut avança sem sustos

Um dos três cabeças de chave que entraram em quadra nesta segunda-feira no Masters 1000 de Montecarlo, o letão Ernests Gulbis foi surrado na sua partida de estreia. O número 17 do mundo perdeu para o austríaco Andreas Haider-Maurer, 52º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/0, em apenas 58 minutos.

Estadão Conteúdo

13 de abril de 2015 | 12h49

Gulbis cometeu seis duplas faltas, não aproveitou os três break points que teve e ainda viu Haider-Maurer quebrar o seu saque em 5 de 13 oportunidades. Na segunda rodada, o letão terá pela frente o australiano Bernad Tomic.

Os outros cabeças de chave que jogaram nesta segunda-feira tiveram sorte melhor. Em duelo entre tenistas norte-americanos, John Isner (19º colocado no ranking) derrotou Steve Johnson (51º) por 2 sets a 0, com um duplo 6/4.

O espanhol Roberto Bautista Agut, número 16 do mundo, derrotou o alemão Benjamin Becker (45º), por 2 sets a 0, com parciais de 6/0 e 6/2. Seu próximo oponente será o também alemão Philipp Kohlschreiber (25º), que passou pelo casaque Mikhail Kukushkin com um duplo 6/4.

O espanhol Albert Ramos (67º) será o adversário de estreia do sérvio Novak Djokovic no Masters 1000 de Montecarlo após derrotar o holandês Robin Haase com um duplo 6/1. O português João Sousa (56º) passou pelo francês Edouard Roger-Vasselin (6/1, 3/6 e 6/0) e agora vai encarar o canadense Milos Raonic.

O italiano Fabio Fognini, o ucraniano Alexandr Dolgopolov, o belga David Goffin e o francês Benoit Paire também triunfaram nesta segunda-feira pela primeira rodada do Masters 1000 de Montecarlo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.