Eckehard Schulz/AP
Eckehard Schulz/AP

Haas supera Djokovic e comemora título após dois anos

Alemão ganha por 2 a 1, com parciais de 6/3, 6/7 (4/7) e 6/1, e fica com o título do Torneio de Halle

AE, Agencia Estado

14 de junho de 2009 | 10h58

O alemão Tommy Haas encerrou neste domingo um jejum que já durava mais de dois anos. Ele venceu o sérvio Novak Djokovic por 2 a 1, com parciais de 6/3, 6/7 (4/7) e 6/1, e ficou com o título do Torneio de Halle.

O título é o 12º de Haas no circuito profissional. Ex-número 2 do ranking mundial, ele não comemorava uma conquista desde o ATP de Memphis, em fevereiro de 2007. A taça foi também a primeira do alemão em quadras de grama, e encerra uma sequência de nove anos sem que um tenista da casa fosse campeão em Halle - o último fora David Prinosil, em 2000.

Para quebrar todas essas marcas, Haas contou com a potência do saque. Ele conseguiu dez aces, contra quatro de Djokovic, e venceu 82% dos pontos quando contou com o primeiro serviço; o sérvio teve 63%.

Para Djokovic, a derrota adia o sonho de ser campeão nas três principais superfícies do tênis. O sérvio, que tem quatro títulos no saibro e nove em quadra dura, falhou pela segunda vez em uma final a grama - em 2008, perdeu para Rafael Nadal no Torneio de Queens.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisHalleTommy HaasNovak Djokovic

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.