AFP
AFP

Halep arrasa americana e decide título de Dubai contra sensação do Casaquistão

Tenista romena atropelou Jennifer Brady por 2 sets a 0 e encara Elena Rybakina na final

Redação, Estadao Conteudo

21 de fevereiro de 2020 | 16h35

Sem dar qualquer chance para zebra, a tenista romena Simona Halep atropelou a norte-americana Jennifer Brady nesta sexta-feira, pela semifinal do Torneio de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. A cabeça de chave número 1 precisou de apenas 1h02min para fechar o jogo por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/0.

A boa atuação de Halep na semifinal contrastou com sua performance em seus dois jogos anteriores na chave de Dubai, quando oscilou demais e precisou de três sets para vencer. Com mais a vitória desta sexta, ela voltará a disputar a final da competição de nível Première, tentando repetir o título conquistado em 2015.

Nesta busca, ela vai encarar neste sábado a casaque Elena Rybakina, sensação deste início de temporada do circuito feminino. Ela avançou à final ao derrotar a croata Petra Martic, oitava cabeça de chave, por 7/6 (7/5) e 7/6 (7/2).

Atual 19ª do mundo, a tenista do Casaquistão vai disputar sua quarta decisão da temporada. Ela foi vice-campeã em Shenzhen, na China, e São Petersburgo, na Rússia. E levantou o troféu em Hobart, na Austrália. Só não chegou à final justamente no Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam do ano - caiu na terceira rodada.

Em grande fase, a tenista de 20 anos já é a quarta melhor tenista do ranking da temporada, em razão dos pontos somados nestas finais.

Halep e Rybakina vão se enfrentar pela segunda vez no circuito profissional. No primeiro duelo, a casaque levou a melhor, no Torneio de Wuhan, na China, no ano passado.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisSimona Halep

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.