Andrew Couldridge / Reuters
Andrew Couldridge / Reuters

Halep bate Azarenka, vai às quartas de Wimbledon e se aproxima do topo do ranking

Em outros jogos, Wozniacki perde e tenista britânica faz história em casa

Estadão Conteúdo

10 de julho de 2017 | 12h42

A romena Simona Halep venceu a bielo-russa Victoria Azarenka por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/3) e 6/2, nesta segunda-feira, em Londres, e garantiu vaga nas quartas de final de Wimbledon. Além disso, a atual número 2 do mundo ficou a uma vitória no Grand Slam inglês de assumir a liderança do ranking mundial, que sairá das mãos da alemã Angelique Kerber, eliminada na capital inglesa horas mais cedo pela espanhola Garbiñe Muguruza.

Kerber deixará a primeira posição da listagem da WTA, a ser atualizada no início da próxima semana, por não ter conseguido defender os pontos que contabilizou pelo vice-campeonato obtido no ano passado em Wimbledon. Caso Halep não passe pelas quartas de final, a ponta do ranking será assumida pela checa Karolina Pliskova, esta última já eliminada desta edição do Grand Slam como Kerber.

Ex-número 1 do mundo, Azarenka ficou longo período afastada das quadras e voltou apenas no mês passado ao circuito profissional por causa da gravidez do seu primeiro filho, nascido em dezembro de 2016. E ela defendia uma vantagem de duas vitórias e uma derrota em três jogos disputados contra Halep no circuito profissional até o duelo desta segunda-feira. Desta vez, porém, a romena exibiu uma atuação sólida e só teve maiores dificuldades para passar pela bielo-russa no primeiro set, que ela liquidou apenas no tie-break.

Por causa do longo tempo sem jogar, Azarenka despencou para a 683ª posição do ranking mundial, mas a boa campanha até aqui em Wimbledon já irá lhe garantir o seu retorno ao menos ao Top 200 na próxima atualização da listagem da WTA.

KONTA FAZ HISTÓRIA

Ao eliminar Azarenka, Halep também se credenciou para enfrentar na próxima fase a inglesa Johanna Konta, que em outro duelo encerrado há pouco tempo fez história ao superar a francesa Caroline Garcia por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/3), 4/6 e 6/4, e se tornar a primeira tenista britânica em 33 anos a avançar às quartas de final da chave feminina de simples de Wimbledon.

A última jogadora da casa a se classificar para a mesma fase do Grand Slam inglês havia sido Jo Durie, em 1984, e Konta agora tentará ir ainda mais longe na capital inglesa e dar continuidade em sua boa temporada, na qual já conquistou títulos em Sydney e Miami e também avançou às quartas de final do Aberto da Austrália.

WOZNIACKI CAI

Outra ex-número 1 do ranking mundial eliminada em jogo encerrado há pouco em Londres foi a dinamarquesa Caroline Wozniacki. Quinta cabeça de chave e hoje sexta colocada da WTA, ele acabou caindo diante da norte-americana Coco Vandeweghe, 25ª tenista do mundo, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/4.

Assim, Vandeweghe avançou para encarar nas quartas de final a eslovaca Magdalena Rybarikova, que horas mais cedo eliminou a croata Petra Martic com um triunfo por 2 sets a 1, com 6/4, 2/6 e 6/3.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.