Greg Wood/AFP
Greg Wood/AFP

Halep salva match points, derrota Kerber e encara Wozniacki na final em Melbourne

Atual número 1 do mundo precisou mostrar novamente poder de superação para fazer 2 sets a 1

Estadão Conteúdo

25 Janeiro 2018 | 08h38

A romena Simona Halep e a dinamarquesa Caroline Wozniacki vão decidir o título do Aberto da Austrália. Com vitórias suadas, elas derrotaram suas rivais nesta quinta-feira e asseguraram ainda a briga pelo topo do ranking na final marcada para sábado. Halep foi quem teve mais trabalho ao superar a alemã Angelique Kerber após salvar dois match points.

+ Cilic derrota jovem britânico e vai à final do Aberto da Austrália

+ Com lesão leve, Nadal prevê volta às quadras no fim de fevereiro

Halep, atual número 1 do mundo, e Kerber, ex-líder do ranking, fizeram um dos duelos mais equilibrados deste Aberto da Austrália. Vindo de uma sequência de jogos difíceis, com outros match points salvos anteriormente, a romena precisou mostrar novamente poder de superação para vencer a alemã por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 9/7.

Em sua primeira semifinal em Melbourne, Halep parecia ter um set inicial dos sonhos contra Kerber. Ela quebrou os primeiros serviços da rival e abriu nada menos que 5/0 no placar. Mas, quando sacou para fechar o set, viu a alemã esboçar reação e devolver duas das quebras sofridas. A romena acabou fechando o set mesmo assim.

Porém, a boa recuperação colocou a alemã de vez no jogo. E, no segundo set, ela foi para cima e empatou a partida. No terceiro e decisivo set, as duas se alternaram na liderança do placar, com quebras de saque. Halep começou na frente e até teve dois match points. Mas novamente Kerber reagiu e também teve duas chances de fechar o jogo. Nos pontos finais, a romena prevaleceu e sacramentou a vitória após 2h20min de confronto.

Na decisão, marcada para as 6h30 deste sábado (horário de Brasília), a tenista da Romênia terá mais uma chance de conquistar seu primeiro Grand Slam da carreira. Curiosamente, Wozniacki também sonha com o primeiro troféu. De quebra, as duas disputarão a primeira colocação do ranking.

Atual número dois da lista da WTA, a dinamarquesa fez a sua parte nesta quinta ao superar a belga Elise Mertens, surpresa destas semifinais, pelo placar de 6/3 e 7/6 (7/2). Para chegar a sua primeira final em Melbourne, Wozniacki teve pouca dificuldade para superar a 36ª do mundo no set inicial. Com uma quebra de saque, abriu a vantagem para fechar a parcial.

Mas, na segunda, Mertens elevou seu nível de jogo e o duelo ganhou em equilíbrio. Cada tenista faturou uma quebra de serviço e a disputa precisou ser definida no tie-break. A belga chegou a ter dois set points na parcial, mas Wozniacki salvou-os e buscou a vitória no set e na partida, após 1h37min.

A dinamarquesa leva ligeiro favoritismo contra Halep na decisão. No retrospecto direto entre elas, Wozniacki venceu quatro vezes e a romena apenas duas. No ano passado, as duas se enfrentaram duas vezes e a dinamarquesa levou a melhor em ambas oportunidades.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.