Henin perde na estréia em Wimbledon

A belga Justine Henin-Hardenne, atual campeã de Roland Garros, foi eliminada, nesta terça-feira, logo na estréia do Aberto de Wimbledon, o terceiro Grand Slam da temporada. A derrota foi para a grega Eleni Daniilidou por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (10/8), 2/6 e 7/5. Depois de ganhar na França o quarto título de Grand Slam da carreira, Henin tentava a conquista inédita na Inglaterra. Chegou à final em 2001, quando perdeu para a norte-americana Venus Williams, e ficou nas semifinais em 2002 e 2003. No ano passado, não disputou o torneio por causa de problemas de saúde. Venus, por sinal, não encontrou dificuldades para derrotar a checa Eva Birnerova por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4. Outra que passou fácil pela estréia foi a norte-americana Laura Granville, que fez 6/1 e 6/2 na checa Klara Koukalova. Uma surpresa do segundo dia de competição foi a eliminação da italiana Francesca Schiavone, cabeça-de-chave 21, para a porto-riquenha Kristina Brandi, que venceu por 2 sets a 1 - parciais de 6/3, 3/6 e 9/7. Em outros jogos desta terça-feira, a espanhola Conchita Martinez bateu a ucraniana Katerina Bodarenko por 2 a 0 - 6/1 e 7/6 (7/4) -, a francesa Virginie Razzano eliminou a colombiana Catalina Castaño por 2 a 1 - 6/7 (6/8), 6/3 e 6/4 -, a australiana Nicole Pratt venceu a eslovaca Ludmila Cervanova por 2 a 1 (3/6, 6/3 e 6/1) e a francesa Severine Beltrame ganhou de Claudine Schaul, de Luxemburgo, por 2 a 0 (6/2 e 6/1).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.