Hewitt enfrenta Melzer na final do Torneio de Las Vegas

O tenista australiano Lleyton Hewitt bateu o ex-número um do mundo, o russo Marat Safin, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/1, na noite deste sábado, e garantiu presença na final do Aberto de Las Vegas.Segundo cabeça-de-chave, Hewitt, que perdeu a final para o norte-americano James Blake em 2006, impôs seu ritmo de jogo e derrotou seu adversário russo em 1h21. O australiano pegará o austríaco Juergen Melzer, que se recuperou de um 5/3 no último set e derrotou o russo Evgeny Korolev por 6/7 (4/7), 6/2 e 7/6 (7/4)."Marat é um grande tenista", declarou Hewitt. "Meu jogo precisa crescer quando enfrento ele, por isso é ótimo estar na final. Quando cheguei aqui esperava me sair melhor do que no ano passado, e dei a mim mesmo a chance de erguer o troféu no domingo."Safin jogou melhor no primeiro set, mas a persistência e a consistência de Hewitt na linha começaram a cansá-lo. Hewitt selou sua vaga na final - sua primeira no circuito da ATP desde o campeonato Stella Artois, em Londres no ano passado - quando Safin desperdiçou um forehand na rede.Melzer chegou por pouco na final depois de se recuperar a duras penas de um 5/3 no terceiro set contra o russo Korolev. "Sabia que seria uma partida difícil, porque Evgeny bateu James Blake sem perder nenhum set, e ninguém faz isso se não estiver em boa forma", disse Melzer. "Não tenho jogado meu melhor tênis nas últimas partidas, mas de alguma forma joguei melhor e passei, e estou muito feliz."Melzer disse que tem um histórico ruim contra Hewitt, mas prometeu lutar por seu segundo título da ATP. "Tenho cinco derrotas e nenhuma vitória contra Lleyton, mas estou na final e muito feliz", disse ele. "Vou lutar, não me contento em simplesmente estar na final."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.