Hingis planeja retorno para jogar duplas em Carlsbad

Eleita para o Hall da Fama do Tênis, a suíça Martina Hingis planeja abandonar a aposentadoria para retornar às competições ainda neste mês. A ex-número 1 do mundo deve disputar a chave de duplas do Torneio de Carlsbad, nos Estados Unidos, a partir do dia 29.

AE-AP, Agência Estado

16 de julho de 2013 | 15h09

Aos 32 anos, Hingis voltaria a disputar um torneio da WTA pela primeira vez desde sua aposentadoria em setembro de 2007. Ela deve formar dupla com a eslovaca Daniela Hantuchova.

Hingis foi uma das melhores tenistas da década de 90, com cinco títulos de Grand Slam. Seu melhor ano foi 1997, quando só não venceu Roland Garros entre os quatro principais torneios da temporada. Na França, foi finalista duas vezes, mas não chegou a levantar o troféu. Ao todo, faturou 43 títulos em simples e 37 nas duplas, sendo 9 deles em Grand Slams.

Talento precoce, Hingis teve uma carreira marcada por polêmicas. A principal aconteceu em 2007, quando ela decidiu se aposentar pela segunda vez após ser suspensa por dois anos por acusação de doping. Ela negou ter consumido cocaína, substância detectada no teste, mas não recorreu da decisão e deixou o tênis profissional.

A suíça, que sofreu diversas lesões durante a carreira, alegou problemas físicos para abandonar o circuito da WTA. No fim de semana passado, a ex-tenista foi oficializada no Hall da Fama do Tênis, nos Estados Unidos.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisMartina Hingisretorno

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.