Hingis só volta a jogar em 2003

Martina Hingis, tenista suíça ex-número 1 do mundo, jogou a toalha. A jogadora disse que não entrará mais na quadra nesta temporada porque precisa colocar a cabeça em ordem. "Não estou em condições de jogar como quero. Peço desculpas ao público e aos patrocinadores", disse a atleta de 22 anos, nesta sexta-feira, em uma entrevista em Zurique.Hingis disse que pode ter apressado sua volta às competições depois de uma operação no tornozelo. E não garante se volta em janeiro. "Treinei cinco horas diárias, mas descuidei da minha terapia", afirmou.A tenista tomou a decisão depois de perder para a russa Elena Dementieva, quinta-feira, no Torneio de Filderstadt, na Alemanha. Com isso deve aparecer pela primeira vez em seis anos abaixo do 10º lugar no ranking. Hingis tinha programado jogar o Swisscom, na próxima semana, no qual debutou como profissional em 1994. Jogadora precoce e com uma atitude extremamente vencedora nas quadras, tem 40 títulos de simples e 36 de duplas. Este ano, em simples, ganhou em Sydney e Tóquio. Em duplas, o Aberto da Austrália, com Anna Kournikova, e em Hamburgo, ao lado da austríaca Barbara Schett.Seu balanço de prêmios na carreira fechou em 2001 com US$ 16,845 milhões. Em 1997, ganhou o Aberto da Austrália, Wimbledon e o Aberto dos Estados Unidos. Em Roland Garros, perdeu a final para a croata Iva Majoli.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.