Hocevar e Mello avançam no Challenger de Cali

Os tenistas do Brasil fizeram nesta segunda-feira suas estreias pela chave de simples do Challenger de Cali, na Colômbia. Ricardo Hocevar e Ricardo Mello foram os que tiveram mais sucesso, avançando às oitavas de final do torneio. Já Caio Zampieri e Eric Gomes ficaram pelo caminho, caindo logo na primeira rodada.

AE, Agencia Estado

14 de setembro de 2009 | 23h12

Hocevar precisou de 2h35 para derrotar o argentino Diego Alvarez por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 4/6 e 7/6 (7/1). Nas oitavas, o número 4 do Brasil encara o colombiano Carlos Salamanca, algoz de Zampieri. O tenista da casa venceu o brasileiro por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/4).

Mello também não encontrou facilidade na primeira rodada. Contra o argentino Nicolas Todero, ele precisou da virada para vencer por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 6/3 e 6/2, em 2h03 de jogo. Agora, Mello espera pelo vencedor do confronto entre o colombiano Sebastian Serrano e o argentino Sebastian Decoud.

Já Erico Gomes não resistiu nem uma hora ao canadense Peter Polansky. Em 59 minutos, o brasileiro perdeu por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/3.

QUEDA NA POLÔNIA - Pelo Challenger de Estetino, Júlio Silva foi outro tenista do Brasil a cair logo na estreia. Ele foi derrotado pelo alemão Daniel Brands por 2 sets a 0, com um duplo 6/4. Júlio Silva era o único representante do Brasil no torneio polonês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.