Issei Kato/Reuters
Issei Kato/Reuters

Ídolos locais, Hewitt e Stosur dão adeus ao Aberto da Austrália

Na chave masculina, Lleyton Hewitt é superado por alemão, enquanto na feminina, Samantha Stosur cai para Coco Vandeweghe

Estadão Conteúdo

22 de janeiro de 2015 | 11h13

Dois velhos ídolos da torcida australiana no tênis, Lleyton Hewitt e Samantha Stosur deram adeus nesta quinta-feira às respectivas chaves de simples masculina e feminina do Aberto da Austrália.

Em jogos encerrados no final da noite desta quinta-feira (no horário local em Melbourne), o ex-líder do ranking mundial foi superado pelo alemão Benjamin Becker, que venceu de virada uma batalha de cinco sets que terminou com parciais de 2/6, 1/6, 6/3, 6/4 e 6/2. Já a tenista número 1 do seu país caiu por duplo 6/4 diante da norte-americana Coco Vandeweghe.

Atual 87º colocado da ATP, Hewitt já havia sofrido um pouco para superar o chinês chinês Ze Zhang, por 3 sets a 1, em sua estreia, e desta vez acabou amargando uma derrota diante do 41º tenista da atualidade. Ele sucumbiu após ter vencido os dois primeiros sets com facilidade e dado a impressão de que jogaria a terceira rodada do principal torneio de tênis disputado na Austrália.

E Hewitt havia levado a melhor nos dois duelos anteriores travados com Becker, superado pelo australiano no Masters 1000 de Cincinnati de 2009 e no Torneio de Halle de 2009. Com o triunfo desta quinta, porém, o alemão poderá lutar por uma vaga nas oitavas de final do primeiro Grand Slam do ano. O próximo rival de Becker será o canadense Milos Raonic, oitavo cabeça de chave, que nesta quinta-feira eliminou o norte-americano Donald Young com parciais de 6/4, 7/6 (7/3) e 6/3.

Já Stosur, hoje na 21ª posição do ranking mundial, não conseguiu confirmar a condição de 20ª cabeça de chave da competição ao perder para Vandeweghe, atual 37ª tenista do mundo. Esse foi o terceiro duelo entre as duas, sendo que a australiana levou a melhor no primeiro, no US Open de 2011, antes de a norte-americana bater a veterana de 30 anos no Torneio de Miami de 2014.

Com a vitória neste desempate entre as duas, Vandeweghe se credenciou para enfrentar na terceira rodada do Aberto da Austrália a sua compatriota Madison Brengle, que nesta quinta arrasou a também norte-americana Irina Falconi por 6/1 e 6/3.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.