Indiana se destaca em rodada que Serena foi eliminada

Entre as tenistas que venceram suas partidas desta quarta-feira no Aberto de Hobart, destaque para a indiana Sania Mirza, que bateu sua parceira de duplas no circuito da WTA, a australiana Alicia Molik. Mesmo jogando em casa, Molik não teve chances contra Mirza, que aplicou um placar de 2 sets a 0 em sua companheira, com parciais de 6/4 e 6/1.Nas outras partidas da competição, a norte-americana Serena Williams foi derrotada pela australiana Sybille Bammer por 2 sets a 1, com parciais de 3/6 7/5 6/3.Já a russa Anna Chakvetadze, cabeça-de-chave n.º 1 da competição, perdeu o primeiro set, mas virou para cima da chinesa Jie Zheng:4/6 6/1 e 6/1. A também russa Vasilisa Bardina bateu a colombiana Catalina Castano por 2 sets a 1 (3/6 6/2 e 7/5).?Nunca é fácil jogar contra sua parceira de duplas e principalmente uma amiga?, disse Mirza, que acrescentou: ?Estou muito contente com meu saque, que era minha principal preocupação antes da partida. É ótimo chegar pelo menos na semifinal do primeiro torneio de simples que jogo em 2007?Depois da derrota, Molik aproveitou para elogiar a amiga. ?Estou impressionada com o jogo de Sania hoje. Ela jogou muito bem e nesse ritmo ela é uma das favoritas ao título.?Venus fora do Aberto da AustráliaEx-número um do mundo, a norte-americana Venus Williams, irmã mais velha de Serena, anunciou nesta quarta-feira que está fora do Aberto da Austrália, primeiro Grand slam de 2007 que começa no dia 15 de janeiro. O motivo da desistência é uma lesão no pulso esquerdo.Venus, de 26 anos, chegou a final do Aberto da Austrália em 2003, quando perdeu para sua irmã, mas desde aquele ano não passa das quartas-de-final da competição.Atualmente no 48.º lugar do ranking mundial, Venus se junta à número um do mundo Justine Henin-Hardenne na lista das tenistas ausentes do aberto da Austrália. A belga disse na semana passada que também não participará do torneio devido a problemas particulares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.