Irmãos Murray vencem belgas e aproximam Grã-Bretanha de título histórico na Davis

Fora de casa, a dupla britânica formada pelos irmãos Andy e Jamie Murray venceu Steve Darcis e David Goffin por 3 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6, 6/3 e 6/2, neste sábado, em Ghent, e desempatou a série melhor de cinco jogos da final entre Bélgica e Grã-Bretanha e assumiu a frente na decisão da Copa Davis, com duas vitórias em três jogos.

Estadão Conteúdo

28 de novembro de 2015 | 16h45

Com a vantagem, os britânicos ficam mais próximos de um título histórico na competição, já que o país não vence desde 1936. Esta é a primeira vez que dois irmãos disputam uma final de Copa Davis desde 2007, quando Bob e Mike Bryan se sagraram campeões com os Estados Unidos.

Os irmãos Murray tiveram um pouco de dificuldades no início da partida. Todos os serviços foram confirmados nos oito primeiros games. No quinto game, a Bélgica ainda teve oportunidade de quebrar o saque rival, mas desperdiçou a chance e acabou levando a quebra para fechar em 6/4 em um belo voleio de Andy.

A Bélgica entrou no segundo set para dar o troco e conseguiu uma quebra logo no terceiro game, fazendo 2/1 na parcial. Pouco depois, os britânicos também deixaram escapar uma chance de devolver a quebra e viram os belgas empatarem o jogo.

Empolgados e contando com a ajuda da torcida no terceiro set, Darcis e Goffin quebraram o segundo saque rival em 2/1. Em seguida, uma sequência de serviços desperdiçados pelos dois lados deixou a Grã-Bretanha na frente com 4/2. No final da parcial, Andy sacou e não decepcionou, fazendo 2 sets a 1.

O quarto e derradeiro set foi mais fácil para os irmãos. O momento mais difícil aconteceu quando Jamie encarou sete break points em seu saque, mas conseguiu segurar a pressão belga. Ao final das duas horas e 49 minutos de jogo, 6/2 e vitória dos escoceses.

A primeira chance para que a Grã-Bretanha se sagre campeã da Davis acontece na manhã de domingo, no jogo dos números 1 de cada equipe. Andy Murray encara David Goffn e tem uma nova oportunidade de quebrar um jejum britânico. Em 2013, ele foi o primeiro atleta do país a vencer o Torneio de Wimbledon em 77 anos. Recentemente, nas oitavas do Masters de Paris, o escocês perdeu apenas um game para o rival belga.

Caso Goffin derrote Murray, a decisão do título irá para o quinto jogo, para o qual está previsto o embate entre o belga Ruben Bemelmans e o britânico Kyle Edmund.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.