Robert Perry/EFE
Robert Perry/EFE

Irmãos Murray vencem e deixam britânicos em vantagem na Davis

Andy e Jamie superam Lleyton Hewitt e Samuel Groth por 3 sets a 2

Estadão Conteúdo

19 de setembro de 2015 | 14h13

A Grã-Bretanha está a uma vitória de garantir vaga na decisão da Copa Davis. Neste sábado, o país saltou à frente no duelo diante da Austrália com a vitória da dupla formada pelos irmãos Andy e Jamie Murray, em uma verdadeira batalha de cinco sets contra Lleyton Hewitt e Samuel Groth.

Os irmãos Murray aproveitaram o apoio da torcida da casa, em Glasgow, na Escócia, para arrancarem no quinto e decisivo set. Com isso, fecharam em 3 sets a 2, com parciais de 4/6, 6/3, 6/4, 6/7 (6/8) e 6/4, em quase quatro horas de confronto.

Agora, Andy Murray, número 3 do mundo, garantirá a vaga britânica na decisão se passar por Bernard Tomic, 23.º, no primeiro jogo deste domingo. Em caso de zebra australiana, Daniel Evans, 300.º, ainda terá a chance de classificar o país no confronto diante de Thanasi Kokkinakis, 72.º.

A vantagem britânica, aliás, foi construída graças à qualidade de Murray, que atropelou Kokkinakis no sábado. Evans foi batido por Tomic no mesmo dia. Quem avançar deste confronto enfrentará na grande decisão o vencedor do duelo entre Argentina e Bélgica, em Bruxelas.

ALEMANHA LIDERA

Na repescagem para se manter no Grupo Mundial, a Alemanha fez 2 a 1 na República Dominicana, mesmo atuando em Santo Domingo. Neste sábado, Philipp Kohlschreiber e Philipp Petzschner derrotaram Victor Estrella-Burgos e José Hernández-Fernández por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 6/3.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.