Yoan Valat/EFE
Yoan Valat/EFE

Irmãs Williams e Agnieska Radwanska vencem na estreia em Paris

Serena e Venus podem se enfrentar na terceira rodada de Roland Garros

Agência Estado

25 de maio de 2014 | 12h33

PARIS - Atual campeã, Serena Williams não teve maiores problemas para vencer na rodada de abertura de Roland Garros neste domingo. A número 1 do mundo cometeu mais erros do que de costume, mas não deixou de derrotar a local Alize Lim, 138ª do ranking, em sets diretos, com parciais de 6/2 e 6/1, em 1h18min.

Para vencer na estreia, Serena precisou superar as próprias falhas em quadra. Ao todo, a experiente norte-americana cometeu 36 erros não forçados, contra 12 da jovem francesa, de 23 anos. Assim, cedeu sete break points à rival, que não conseguiu aproveitar nenhuma das oportunidades.

Mesmo hesitante, a tenista de 32 anos garantiu seu lugar na segunda rodada e ficou mais perto de encarar a irmã Venus. A mais velha da família Williams também não teve dificuldade para vencer neste domingo. Ela bateu a jovem suíça Belinda Bencic, de apenas 17 anos, por 6/4 e 6/1.

Serena e Venus podem se enfrentar na terceira rodada. Para tanto, a primeira terá que vencer a norte-americana Grace Min ou a espanhola Garbiñe Muguruza na segunda rodada. Venus, por sua vez, precisa superar a eslovaca Anna Schmiedlova, que avançou ao derrotar a chinesa Jie Zheng Jie por 6/7 (2/7), 6/3 e 6/4.

Ainda neste domingo, a polonesa Agnieszka Radwanska aplicou um "pneu" na também chinesa Shuai Zhang na vitória por 6/3 e 6/0. Terceira cabeça de chave, a tenista da Polônia vai encarar agora a vencedora do confronto entre a local Mathilde Johansson e a checa Karolina Pliskova.

Avançaram também nesta rodada de abertura a espanhola Carla Suarez Navarro, 14ª cabeça de chave, e a eslovaca Daniela Hantuchova, 31ª pré-classificada, e a local Claire Feuerstein.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisRoland GarrosSerenaVenus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.