Clive Brunskill/AFP
Clive Brunskill/AFP

Isner bate Kei Nishikori com facilidade e avança à semifinal em Miami

Americano supera campanha do última ano e busca título inédito

Estadão Conteúdo

02 de abril de 2015 | 18h02

O apoio da torcida local está fazendo bem para John Isner. Nesta quinta-feira, o tenista norte-americano derrotou com facilidade o japonês Kei Nishikori por 2 sets a 0 - com parciais de 6/4 e 6/3, em 1 hora e 10 minutos - e avançou às semifinais do Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, o segundo de uma série de nove torneios deste nível na temporada.

Em um bom momento no circuito profissional, John Isner, atual número 24 do ranking mundial da ATP, bateu nesta quinta-feira o terceiro rival mais bem posicionado. Os outros foram o búlgaro Grigor Dimitrov e o canadense Milos Raonic. E já superou a campanha do ano passado em Miami, quando caiu nas oitavas de final. Para isso, não teve o saque quebrado - fato que se estende a todo o torneio - e disparou 12 aces.

O norte-americano nunca ganhou um Masters 1000 na carreira. Chegou duas vezes a uma final, mas perdeu em Indian Wells e Cincinnati, os outros torneios deste nível que acontecem nos Estados Unidos. Para chegar á decisão, John Isner terá que passar pelo vencedor do duelo entre o sérvio Novak Djokovic e o espanhol David Ferrer, que se enfrentam à noite.

O retrospecto contra os dois, no entanto, não é bom para o norte-americano. Contra o número 1 do mundo, John Isner jogou oito vezes e só ganhou duas. Contra o espanhol, apenas uma vitória em seis confrontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.