ITF define os cabeças-de-chave da Davis

A Federação Internacional de Tênis (ITF) confirmou nesta quarta-feira o Brasil, ao lado do Equador, como cabeça-de-chave do zonal americano, Grupo I. Assim, o sorteio a ser realizado nesta quinta-feira, em Londres, às 8h30 de Brasília, define os prováveis adversários da equipe brasileira, entre Venezuela, Chile, Peru e Paraguai. O Brasil só volta a jogar em abril de 2004 e se vencer o confronto já irá disputar novamente o playoff do Grupo Mundial.Na elite do tênis, a ITF colocou a Austrália, como cabeça número 1, seguida de Espanha, França, Rússia, Argentina, Suíça, Estados Unidos e Holanda. Para definição dos cabeças-de-chave, a ITF não só utiliza o ranking das equipes, como também o desempenho de cada país na competição, as performances dos jogadores em diferentes pisos, o ranking dos tenistas entre outros critérios.O presidente da Confederação Brasileira de Tênis (CBT), Nelson Nastás, como membro da comissão da Copa Davis, influenciou na escolha dos cabeças-de-chave e participa nesta quinta-feira do sorteio em Londres.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.