Ivanisevic cumpre o serviço militar

Aos 30 anos de idade e depois do enorme sucesso alcançado no tênis, o croata Goran Ivanisevic começou a cumprir nesta terça-feira o serviço militar obrigatório de seu país, que dura seis meses. Apesar disso, o último campeão do torneio de Wimbledon não vai abandonar o esporte. O tenista irá ficar duas semanas na base do Exército em Split, sua cidade natal, mas depois será liberado para sair e participar dos torneios. O desejo de Ivanisevic era servir na Marinha, mas um sorteio realizado dia 13 de setembro, determinou que ele iria para o Exército. Mesmo assim, ele não perdeu o bom humor. ?Tive alguns problemas na vista ultimamente e, por isso, não seria capaz de acertar nem um elefante?, brincou o tenista, avisando para não contarem muito com ele para a função de atirador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.