Jankovic sofre com dores, mas avança em Melbourne

Número 1 do mundo busca seu primeiro título de Grand Slam na carreira; Ai Sugiyama pela frente

AE-AP, Agencia Estado

21 de janeiro de 2009 | 08h41

A sérvia Jelena Jankovic, número 1 do mundo e ainda em busca de seu primeiro título de Grand Slam, teve mais dificuldade do que esperava para chegar à terceira rodada do Aberto da Austrália, e precisou de 1 hora e 4 minutos para derrotar a belga Kirsten Flipkens por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/5.O jogo foi interrompido para atendimento médico duas vezes: Jankovic reclamou de dores no pé direito, enquanto Flipkens, que é apenas a número 110 no ranking, pediu atendimento por dores nas costas. A número 1, que sofreu uma virose na semana anterior ao Aberto da Austrália, enfrenta na próxima fase a japonesa Ai Sugiyama, que derrotou a francesa Nathalie Dechy por 2 a 1, de virada, com parciais de 1/6, 6/1 e 6/3.Ivanovic, quinta do ranking da WTA, teve mais facilidade, e superou a italiana Alberta Brianti por 6/3 e 6/2, em sua caminhada rumo à segunda final consecutiva - no ano passado perdeu para Maria Sharapova, que está fora este ano por causa de uma contusão no ombro. "Estou melhorando e pronta para jogadoras de nível mais alto, quando você naturalmente eleva o nível do jogo", disse a sérvia. Na terceira rodada, ela enfrentará a russa Alisa Kleybanova, que derrotou a francesa Stephanie Cohen-Aloro por 6/1, 3/6 e 6/2.Outras top 10 que venceram nesta quarta-feira foram as russas Dinara Safina, número 3 do mundo, que cometeu 44 erros não-forçados, mas venceu a compatriota Ekaterina Makarova por 6/7 (3/7), 6/3 e 6/0; Vera Zvonareva, número 7, que marcou uma "bicicleta" na romena Edina Gallovits, com um duplo 6/0; e Nadia Petrova, número 10, que bateu a indiana Sania Mirza por 6/3 e 6/2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.