Robert Deutsch/USAToday
Robert Deutsch/USAToday

Japonesa Osaka supera Keys e faz final do US Open com Serena

Número 19 do mundo marcou 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4, em 1 hora e 25 minutos

Estadão Conteúdo

06 Setembro 2018 | 23h46

A japonesa Naomi Osaka será a adversária de Serena Williams na decisão do US Open. Nesta quinta-feira, a número 19 do mundo avançou à sua primeira final de Grand Slam ao derrotar a norte-americana Madison Keys, a 14ª colocada no ranking da WTA e vice-campeã em Nova York no ano passado, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4, em 1 hora e 25 minutos.

A vitória desta sexta foi a primeira de Osaka em quatro duelos com Keys. Antes, a japonesa havia caído em três oportunidades para a norte-americana, incluindo um revés na edição de 2016 do US Open, na terceira rodada.

Dessa vez, porém, Osaka se deu melhor ao se safar nos momentos em que corria mais risco no duelo. Foi assim no primeiro set, quando a japonesa salvou os seis break points de Keys. Além disso, converteu dois de três para assegurar o seu triunfo por 6/2.

A segunda parcial também não foi fácil para Osaka, tanto que a japonesa precisou salvar os sete break points da sua oponente. Mas precisou converter o único que teve para assegurar a sua vitória por 6/4 e a vaga na decisão da chave feminina do US Open.

A final entre Osaka e Serena será disputada no sábado. Elas se enfrentaram apenas uma vez, nesta temporada, no Torneio de Miami. Naquela oportunidade, a norte-americana dava seus primeiros passos na volta às quadras após longo período de afastamento em função do nascimento do seu primeiro filho e perdeu por 6/3 e 6/2.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.