Jie Zheng é nova favorita a cair no Torneio de Guangzhou

Um dia depois de a francesa Marion Bartoli ser derrotada na estreia do Torneio de Guangzhou na condição de primeira cabeça de chave da competição chinesa, a local Jie Zheng, pré-classificada como segunda maior favorita ao título, perdeu da britânica Laura Robson por 2 sets a 0, com duplo 6/3, nesta quarta-feira, pela segunda rodada.

AE, Agência Estado

19 de setembro de 2012 | 11h21

Com a vitória sobre a tenista da casa, Robson se garantiu nas quartas de final, fase em que terá pela frente outra jogadora chinesa. Trata-se de Shuai Peng, sétima cabeça de chave, que nesta quarta arrasou a tailandesa Nudnida Luangnam com parciais de 6/2 e 6/1.

Mas, se Jie Zheng acabou sendo derrotada, a romena Sorana Cirstea e a polonesa Urszula Radwanska conseguiram fazer valer a condição de respectivas terceira e quarta tenistas mais bem pré-classificadas da competição. A primeira delas passou pela chinesa Duan Yingying por 2 sets a 0, com 6/1 e 7/6 (7/0), enquanto a jogadora da Polônia superou tranquilamente a luxemburguesa Mandy Minella por 6/2 e 6/3.

Com o triunfo na segunda rodada, Cirstea enfrentará nas quartas de final a francesa Alize Cornet, que nesta quarta contou com a desistência da bielo-russa Olga Govortsova depois de ter vencido o primeiro set por 6/4. Já Radwanska medirá forças na próxima fase com a sul-africana Chanelle Scheepers, quinta cabeça de chave, que virá de vitória sobre a sérvia Bojana Jovanovski por 6/4 e 6/1.

A taiwanesa Su-Wei Hsieh, algoz de Bartoli na estreia em Guangzhou, também se garantiu nas quartas de final ao derrotar a sua compatriota Kai-Chen Chang, com facilidade, por 6/0 e 6/3. Sua adversária na luta por uma vaga na semifinal será a francesa Mathilde Johansson, que nesta quarta-feira superou a chinesa Saisai Zheng por 2 sets a 1, com 6/2, 4/6 e 7/5.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisTorneio de GuangzhouJie Zheng

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.