Gaspar Nóbrega/COB
Gaspar Nóbrega/COB

João Menezes bate italiano e estreia com vitória no qualifying do US Open

Brasileiro derrota Filippo Baldi, atual 315º do ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/4)

Redação, Estadão Conteúdo

24 de agosto de 2021 | 23h01

O tenista brasileiro João Menezes estreou com vitória no qualifying do US Open, o quarto e último Grand Slam da temporada. O mineiro venceu nesta terça-feira o italiano Filippo Baldi, atual 315º do ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/4), em 1h51min de jogo, em Nova York.

Atual número 4 do Brasil e 227º do mundo, Menezes busca a vaga na chave principal de um Grand Slam pela primeira vez na carreira. O tenista de 24 anos avançou à segunda rodada, quando enfrentará o local Maxime Cressy, 151º do mundo, e precisa de duas vitórias para entrar na chave.

Ele já esteve perto de alcançar essa classificação por duas vezes. No US Open do ano passado e em Roland Garros neste ano ele foi eliminado na terceira e última rodada do quali. Agora, um pouco mais experiente, principalmente após disputar a Olimpíada de Tóquio, ele espera confirmar a vaga.

"Estou muito feliz porque fiquei confiante todo o tempo, acreditando. E isso, no final, gerou resultado. Um adversário que, em quadra rápida, tem boas atuações. Acho que saquei bem, foi bom. Agora é descansar, treinar bem amanhã (quarta) e preparar para jogar na quinta", comentou o brasileiro.

Outros dois brasileiros brigam por um lugar na chave principal do Grand Slam disputado em Nova York. Felipe Meligeni e Beatriz Haddad Maia vão estrear nesta quarta-feira. O sobrinho de Fernando Meligeni, 201º do ranking, vai encarar o alemão Mats Moraing, 239º do mundo.

Bia Haddad, por sua vez, figura no 187º posto da lista da WTA e terá pela frente a espanhola Irene Burillo Escorihuela, 241ª do ranking.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.