Arquivo Pessoal/João Menezes
Arquivo Pessoal/João Menezes

João Menezes derrota egípcio na estreia do qualifying de Roland Garros

Tenista mineiro consegue boa vitória por 2 sets a 0 e avança no torneio disputado na França

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de setembro de 2020 | 16h03

O mineiro João Menezes estreou com vitória no torneio qualificatório para Roland Garros, ao derrotar, nesta terça-feira, em Paris, o egípcio Mohamed Safwat, 28º cabeça de chave e 140º colocado no ranking mundial, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/2) e 6/1.

"Jogo foi muito bom, apresentei um bom nível, não perdi o saque o jogo inteiro. Tiveram alguns momentos chave, no primeiro game tive um break-point contra, safei indo bem para a rede e no game de 4/3 foram 16 minutos, perdi quatro ou cinco breaks, ele jogou bons pontos e safou. No 4/4 considero o game chave pois poderia ter baixado a guarda e ele subido, mas fiz um game bem sólido. No tie-break fui muito bem, não joguei nenhuma bola para fora e ele errou algumas", disse o brasileiro.

"No segundo set subi a marcha desde o começo, abri 4/0 e fui bem", afirmou Menezes que na segunda rodada, nesta quarta ou quinta-feira, vai enfrentar o português Federico Silva, 193º do mundo, que derrotou o sérvio Viktor Troicki, por 6/0 e 6/2. "É um canhoto que usa bem o forehand. Vou analisar qual tática adotar com o (Luiz) Peniza", disse Menezes, que é acompanhado pelo treinador.

Aos 23 anos, João Menezes ocupa a 189ª colocação, sendo o terceiro brasileiro no ranking da ATP, atrás de Thiago Seyboth Wild (107º) e Tiago Monteiro (89º).

Wild foi eliminado na terça-feira pelo equatoriano Emilio Gomez, filho do lendário tenista Andrés Gómez que ganhou Roland Garros em 1990. Já Monteiro, está com vaga assegurada na chave principal.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisRoland Garros [tênis]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.